Terramicina Pó (100 g)

Disponibilidade: Imediata
R$ 22,00

3% de desconto
Para pagamentos à vista (Depósito Bancário)
R$ 21,34

Pague em 1x de R$ 22,00 sem juros

ver parcelas

R$ 21,34 no boleto bancário (3% de desconto)

R$ 21,34 no débito online (3% de desconto)

R$ 21,34 (3% de desconto)

TERRAMICINA PÓ

 

 

Para o tratamento das infecções bacterianas de Frangos de Corte, Poedeiras, Perus, Bovinos, Suínos, Coelhos, Ovinos, Caprinos e Abelhas.

 

Indicações:


Terramicina® Pó Solúvel com Antigerm 77 é indicada para o tratamento de diarréias (cursos), enterites, cólera aviária, tifo aviário, pulorose, doenças respiratórias (pneumonia, bronquite, coriza infecciosa) em bovinos, ovinos, caprinos, suínos, aves e coelhos.



Dosagem:


As dosagens podem ser modificadas a critério do médico veterinário.
Não interromper o tratamento antes de 5 dias, mesmo que antes disso haja desaparecimento dos sintomas. A água medicada deve ser fornecida em abundância para todos os animais em tratamento, durante 24 horas por dia. Nenhuma outra fonte de água, que não a medicada deve ficar disponível durante todo o período de tratamento.

Bovinos: 2-3 medidas (10-15g) para cada 60 kg de peso vivo, durante 5 dias consecutivos.

Suínos e coelhos: 2-3 medidas (10-15g) dissolvidas em água, durante 5 dias consecutivos.

Ovinos e caprinos: 1-2 medidas (5-10g) para cada 20 kg de peso vivo, durante 5 dias consecutivos.

Pintos, peruzinhos, frangos, galinhas e perus: 1 medida (5g) para cada 5 litros de água durante 5 dias consecutivos.



Administração:


Terramicina® Pó Solúvel com Antigerm 77 pode ser administrada, dissolvida na água de bebida, leite ou diretamente na boca do animal.



Precauções:


- Conservar em local seco e fresco, ao abrigo da luz.
- Preparar soluções novas de medicação diariamente, descartando as sobras anteriores.
- Caso o conteúdo não seja utilizado de uma só vez, feche bem a embalagem, para evitar entrada de umidade.
- Suspender o uso do medicamento, cinco dias antes do abate.
- Não consumir o leite ou ovos dos animais tratados, antes de decorridos cinco dias do fim da última medicação.